Fim de festa nos Campeonatos da Europa de Juniores e Sub-23. O Velódromo Nacional de Sangalhos viveu provas emocionantes para encerrar seis dias de atribuição de medalhas. O último dia de competição foi dedicado ao madison e às provas de keirin que ainda faltavam disputar.

O primeiro título Europeu desta terça-feira ficou para os Países Baixos. Apesar do susto de uma queda de uma das atletas, a dupla neerlandesa esteve muito atenta não só para pontuar nos sprints, mas também nas movimentações das rivais.

A Alemanha bem tentou juntar mais um ouro ao seu medalheiro, mas Justyna Czapla e Jette Simon ficaram a um ponto das neerlandesas Babette van der Wolf e Nienke Veenhoven (23 pontos contra 24 das vencedoras). No derradeiro sprint da corrida de juniores, as belgas Hélène Hesters e Febe Jooris garantiram o bronze, com também apenas um ponto a separá-las da dupla italiana e francesa, que ficaram fora do pódio.

Na prova masculina foram os checos foram os vencedores, numa corrida bem controlada pela dupla Milan Kadlec/Matyás Koblízek, que terminou com 34 pontos. Os Países Baixos comprovaram a boa escola que têm nesta disciplina, com Elmar Abma e Justus Willemsen a garantirem a medalha de prata, com 26 pontos, mais três que os britânicos Dylan Hicks e Joshua Tarling.

Na categoria de sub-23, a Itália comprovou o seu estatuto de seleção com mais títulos Europeus conquistados em Anadia. Na prova feminina, a concorrência da Grã-Bretanha e da Bélgica foi muito forte, mas a dupla italiana manteve-se muito concentrada e acabou por controlar por completo o último sprint, assegurando que ninguém lhes tirava o ouro.

Matilde Vitillo e Silvia Zanardi somaram 36 pontos, Eluned King e Sophie Lewis 31 e as belgas Shari Bossuyt e Katrijn de Clerq 28, sendo as três equipas que subiram ao pódio.

A prova que encerrou os Campeonatos Europeus no Velódromo Nacional de Sangalhos foi a de madison masculino de sub-23. As seleções suspeitas do costume lutaram pelas medalhas, com Yanne Dorenbos e Philip Heijnen a darem mais um título europeu aos Países Baixos, tendo sido quatro ao todo nestes campeonatos. A exibição neerlandesa valeu 54 pontos, contra os 37 da Grã-Bretanha, com William Tidball e Samuel Watson a ficarem então com a medalha de prata. A fechar o pódio, a dupla alemã: Malte Maschke e Tim Torn Teutenberg (26).

O keirin também teve o seu destaque, ficando-se a conhecer os campeões de sub-23. A alemã Alessa-Catriona Pröpster venceu no setor feminino e Matteo Bianchi no masculino, garantindo que Itália somasse mais uma medalha de ouro.

As restantes ficaram para a francesa Taky Marie Divine Kouame (prata) e para a polaca Paulina Petri (bronze) e ainda, entre os homens, para o italiano Daniele Napolitano (prata) e o alemão Anton Höhne (bronze).

Em termos de medalheiro, a Alemanha foi quem mais medalhas conquistou: 29 ao todo, com Itália a somar 23. Porém, foram os italianos que saíram do velódromo de Sangalhos com mais títulos: 16, com os germânicos a somarem oito, sendo a segunda seleção com mais ouros.

©2022 UEC JUNIORS & U23 EUROPEAN CHAMPIONSHIP

Log in with your credentials

Forgot your details?